PAGPG

PAGPG discute estratégias de comunicação na pós-graduação

Atualizada em 12/03/21 10:17.

Evento vai abordar a divulgação de programas na era digital 

A Coordenação de Comunicação da PRPG e a Secretaria de Comunicação da UFG (Secom) realizam, no dia 25 de março, das 14 às 17 horas, a palestra “Comunicação institucional na era digital: como a pós-graduação da UFG pode se adaptar melhor às redes?”. O encontro foi idealizado pelo Programa de Apoio à Gestão na Pós-Graduação (PAGPG) e será realizado na plataforma Google Meet. As inscrições são feitas através do formulário: https://forms.gle/tV9kqrzk4uhiHy7g8.

O evento é uma oportunidade para que gestores dos programas de pós-graduação aprendam estratégias para divulgação e publicização dos seus respectivos cursos tanto nas redes sociais como em outros meios de comunicação na era digital.

Para isso, a equipe da Secom apresentará o seu trabalho na UFG, com orientações sobre como solicitar os serviços da secretaria. A equipe também fará uma exposição sobre as normas de comunicação existentes na universidade e a Política de Comunicação da UFG. Já a equipe da Coordenação de Comunicação da PRPG abordará os principais aspectos que estão em construção na gestão de comunicação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, compartilhando as práticas de comunicação institucional nas redes digitais e as demandas de padronização dos sites dos programas.

De acordo com a demanda, a Secom poderá formar turmas específicas para capacitação na área de comunicação, especificamente para os PPGs, a partir deste evento.

 

Relevância

Em tempos de pós-modernidade, em que as pessoas incorporaram as mídias sociais no seu cotidiano, dúvidas e necessidades culminam em buscas na internet. Para a pró-reitora adjunta e coordenadora geral de pós-graduação stricto-sensu, Maria Márcia Bachion, essa realidade contemporânea faz com que os sites dos PPGs assumam uma importância estratégica para o marketing da pós-graduação na UFG. “Quando você navega e encontra um site bonito, com uma boa apresentação, com informações atualizadas, fáceis de serem encontradas e linguagem amigável, já se cria uma imagem de que aquele programa é moderno, eficiente, assertivo e de qualidade. E é importante que esse site esteja ligado às mídias sociais, uma forma mais dinâmica de comunicação e uma porta de entrada para conhecer melhor cada programa”, explica a pró-reitora adjunta.

Maria Márcia também ressalta a necessidade do uso profissional das redes digitais, uma vez que a página de um programa representa uma comunidade maior, a UFG. Ela ainda destaca a influência do conteúdo presente no perfil de cada programa. “As pessoas responsáveis pelo site precisam conhecer e entender quem é o público que consulta aquele espaço como a Capes, os pesquisadores, nacionais e internacionais, a mídia em busca de fontes especialistas e a sociedade em geral que avalia ingressar na pós-graduação. O público precisa entender o que é o programa e o que ele trás para a carreira do aluno. Todo o conjunto de informações que precisam estar no site de maneira rápida e intuitiva”, enfatiza.

Fonte: Coordenação de Comunicação

Categorias: notícias PAGPG