Alunos Especiais

Existem dois tipos de ingresso especiais nos programas de mestrado e doutorado da UFG: o aluno especial e o aluno ouvinte.

 

O aluno especial

O aluno especial é alguém que está matriculado como aluno não regular, em uma disciplina ofertada num curso de mestrado ou doutorado. Este aluno tem acesso a tudo o que acontece dentro desta disciplina em que está matriculado, inclusive acesso as avaliações. 

As instituições de ensino que ofertam esta opção de matrícula, possibilitam que esse aluno use os créditos estudados, caso venha a se regularizar no curso, no futuro. Para tanto é preciso observar certas condições, estipuladas por cada programa, como tempo passado desde a realização da disciplina, índices de frequência e notas.

 

O aluno ouvinte

Diferente do aluno especial, que tem vínculo com o programa, o aluno ouvinte é o estudante que frequenta as aulas e tem acesso aos conteúdos de uma disciplina de mestrado ou doutorado, sem no entanto, ter vínculo regular com o curso. Dessa forma, ele não realiza avaliações. Está ali pelo aprendizado, pelo conhecimento, mas não terá como fazer o aproveitamento desta disciplina, posteriormente. 

 

E quais os benefícios de se ingressar em um programa como aluno especial? 

Além da flexibilidade e redução de obrigações, destaca-se o fato do ingresso ser simplificado, de se ter acesso ao mesmo ensino que os alunos regulares, bem como fazer o aproveitamento das avaliações realizadas, no futuro, caso ingresse como aluno regular. É também uma chance para conhecer o programa, suas linhas de pesquisa e seus docentes. 

 

Como ingressar nos programas como aluno especial?

O processo seletivo para aluno especial varia conforme o regulamento de cada programa. Os editais são específicos, divulgados periodicamente pelos próprios programas, de acordo com seus cronogramas. 

 

Para saber mais sobre esse assunto, procure seu programa de interesse e fique de olho nos editais.